fbpx

Mídia online e offline: Como utilizar na advocacia?

A mídia online e offline são duas práticas importantes para as empresas, sendo indispensáveis para o crescimento dos negócios e o aumento dos lucros.

Atualmente, estamos vivendo uma era em que a internet faz parte do cotidiano das pessoas, que vivem conectadas na maior parte do dia, e a tendência é que isso se intensifique cada vez mais.

Isso faz com que as empresas prezem por garantir a presença na web, para estar cada vez mais perto do público.

Isso é muito importante, afinal, os consumidores pesquisam tudo na internet, a fim de encontrar informações sobre produtos e serviços, e também localizar empresas que solucionem seus problemas.

A mesma situação acontece com os escritórios de advocacia, que mesmo devido algumas restrições impostas pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), encontram no marketing digital meios de se conectar com seu público, sem ferir as leis.

Só que, por conta da popularização das mídias online, muitas pessoas acreditam que os recursos offline se tornaram obsoletos, o que não é verdade. Inclusive, eles são muito importantes para ajudar nas estratégias on-line.

Neste artigo, especificaremos cada tipo de mídia, sua relevância, por que devem ser trabalhadas em conjunto, além de algumas orientações sobre como fazer da melhor maneira para os escritórios de advocacia. Acompanhe!

O que é mídia online?

A mídia online consiste em estratégias que pertencem ao marketing online, mais conhecido como marketing digital.

É um conjunto de atividades que uma empresa ou profissionais – como no caso dos escritórios de advocacia – executam, visando atrair novas oportunidades de negócio.

Com isso, o relacionamento com o público-alvo é aprimorado, e uma identidade para sua marca é desenvolvida.

Dentre as principais estratégias de marketing digital está o Inbound Marketing, SEO (Search Engine Optimization, ou otimização de mecanismos de busca) e o marketing de conteúdo.

O que é mídia offline?

A mídia offline nada mais é do que o marketing tradicional, isto é, executado fora do ambiente digital.

Mesmo que a internet seja um lugar democrático, que tanto uma loja de cadeira de escrítorio quanto um escritório de advocacia marcam presença, os indivíduos continuam sendo bastante impactados pelo marketing offline. Exemplos disso são:

  • Telemarketing;
  • Outdoors;
  • Panfletos;
  • Propagandas de TV;
  • Entre outros.

Apesar de ser uma mídia mais tradicional, continua sendo importante, principalmente por conta da tecnologia.

Importância do marketing digital

A internet mudou muito a maneira de fazer marketing e também o comportamento do consumidor, seja na hora de comprar estante escritório ou qualquer outro produto ou serviço.

Esse tipo de marketing é importante porque mantém pessoas e empresas conectadas, ajudando na solução de problemas e a promover marcas, produtos e serviços. Além disso, traz vantagens como:

1 – Interatividade

Trata-se de uma mídia que promove a interatividade com os leitores. Enquanto um escritório de advocacia publica um conteúdo relevante para o público, do outro lado estão as pessoas que podem interagir com ele.

2 – Fácil análise e mensuração

Toda e qualquer ação que, por exemplo, um estúdio de revelação de foto fizer na internet, pode ser mensurado em tempo real. Ou seja, se esse estabelecimento lança uma campanha, pode acompanhá-la e ver a reação do público no mesmo momento.

Isso impede gastos com ações que não dão certo, permitindo que o negócio invista em práticas assertivas, direcionadas e que realmente tragam efeitos.

Importância da mídia offline

Apesar de ser considerada como marketing tradicional, esse tipo de mídia traz muitas vantagens para uma gráfica de impressão a laser ou qualquer outra empresa, tais como:

  • Credibilidades das mídias tradicionais;
  • Alcança onde a internet não chega;
  • Capacidade de regionalização;
  • Custo acessível em alguns meios;
  • Ações mais impactantes.

Apesar de serem diferentes, tanto a mídia online quanto a offline podem ser usadas em conjunto por um escritório de advocacia.

Por que usar as duas mídias juntas?

Não só podem ser usadas em conjunto, como devem. Um exemplo disso é um escritório de advocacia dar ênfase em conteúdos de valor em seu blog e usar um totem fachada atrativo no escritório.

Portanto, as empresas não têm de escolher entre investir em um tipo de mídia e deixar o outro de lado, afinal, a tendência é a união dos dois meios.

A tecnologia avançada permite a integração entre ambas as ações, o que ajuda os negócios a terem resultados mais promissores.

Exemplo disso é uma loja de roupas femininas usar um QR Code em seu panfleto, que ao ser escaneado leva o consumidor ao site da loja, ou até mesmo a uma página de promoções do estabelecimento.

Um escritório de advocacia pode criar um aplicativo onde o usuário pode esclarecer suas principais dúvidas, por exemplo. Por meio dele, o cliente envia sua localização e consegue encontrar o escritório mais próximo.

De maneira geral, uma estratégia ajuda a impulsionar a outra e faz com que os negócios, como uma revenda de cartucho remanufaturado hp ganhem mais espaço no mercado e estejam sempre em contato com seu público.

Só que, para ser bem-sucedido, é preciso saber colocar as duas estratégias em prática juntas, e vamos ver um pouco mais sobre isso no tópico a seguir.

Dicas para escritórios de advocacia

O marketing jurídico é cheio de limitações impostas pela OAB, o que impede certas práticas pelos profissionais de Direito.

Por conta disso, é necessário atentar-se ao que pode ou não ser feito para divulgar os serviços de um advogado.

Independentemente disso, existem algumas estratégias que se encaixam dentro dessas limitações e trazem resultados promissores para os advogados, assim como acontece com uma fabricante de tinta impermeabilizante. São elas:

1 – Publicações em blog + divulgação de evento

O blog é um dos principais canais de comunicação usados pelas empresas do mundo todo e o que mais atende às necessidades dos escritórios de advocacia.

Por meio dele, os advogados podem publicar materiais de valor, informativos e que levem conhecimento ao público-alvo do escritório.

Por meio desses conteúdos, o público consegue esclarecer suas dúvidas e passa a enxergar o escritório como autoridade no assunto.

Dessa forma, as pessoas se sentem mais confiantes para entrar em contato com os advogados, caso precisem de uma consultoria pessoalmente. A mesma coisa acontece com outros tipos de empresas.

Isso porque, se o usuário pesquisar sobre quanto custa um paquímetro, pode encontrar materiais que esclareçam mais do que isso, despertando a confiança do potencial cliente.

Voltando aos escritórios, um novo conteúdo pode ajudar a divulgar um evento presencial sobre determinado assunto.

Por exemplo, um escritório publicou um texto sobre reforma trabalhista e vai organizar uma palestra de esclarecimento sobre o tema para empresas e trabalhadores. O blog pode ser utilizado para divulgar a data e horário do evento.

2 – Formulário de contato

O formulário de contato é muito importante para capturar informações dos leads. Um escritório pode disponibilizar um formulário após a publicação de um conteúdo, para que o usuário deixe um telefone, caso tenha mais questionamentos.

Após isso, o próprio escritório pode entrar em contato com ele para esclarecer essas dúvidas e, quem sabe, agendar uma reunião.

O ideal é que esse formulário seja elaborado por uma agência de marketing, para que esteja dentro dos conformes.

Por que contratar agências especializadas?

Por falar nelas, é importante que o escritório de advocacia conte com agências de marketing por diversas razões, dentre elas o fato de que contam com profissionais especializados em marketing jurídico.

Dessa forma, evita-se ferir as imposições da OAB, no que diz sobre o marketing para advogados. Além disso, esses profissionais são capazes de gerar conteúdo para redes sociais que realmente atraiam o público-alvo do escritório.

Dentre as características do marketing digital, está a razão dele ser direcionado e trabalhar de modo assertivo. Para isso, é necessário o uso de algumas ferramentas, como o RD Station.

Esta automatiza as ações em marketing do escritório de advocacia, fazendo um trabalho contínuo dentro dos parâmetros permitidos, estabelecendo um bom relacionamento com o público.

Isso é importante porque toda ação de marketing digital é focada na geração de resultados, por isso, deve ser trabalhada juntamente com uma ferramenta que organiza cada estratégia, sem perda de tempo e dinheiro.

Conclusão

Os escritórios de advocacia também dependem da divulgações dos serviços prestados para que possam se sustentar no mercado, que por sinal é bastante concorrido.

Ao usar as estratégias de marketing digital e mídias off-line, os escritórios conseguem divulgar sua disponibilidade, ao mesmo tempo em que prestam um serviço de esclarecimento à população.

A conscientização das leis, direitos e deveres às pessoas é muito importante, juntamente com as agências de marketing, os escritórios terão em mãos as melhores ferramentas para isso.

Assim, conseguem chegar até quem precisa de seus serviços, aumentando seus lucros e exercendo a justiça.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.