fbpx

Site responsivo: A importância para o seu consultório

Ter um site para o seu consultório não é mais um diferencial, mas sim uma obrigação.

Isso porque o avanço da internet modificou o comportamento do público e, por conta disso, as pessoas procuram por serviços diretamente no site, antes de visitar os estabelecimentos físicos.

No segmento de saúde, a audiência é ainda mais exigente. Afinal, basta sentir um simples desconforto ou uma dor diferente para que o “Doutor Google” seja acionado.

De acordo com um estudo na área, 94% dos participantes buscam informações sobre doenças e saúde na internet.

Mas podemos confiar em tudo que vemos ou lemos por aí? A resposta é não!

Por esse motivo, o trabalho de gerar conteúdo para blog de consultórios médicos é tão importante, uma vez que é preciso se destacar perante a concorrência, com informações credíveis e orientações adequadas aos usuários.

Mas, além disso, é preciso se atentar a outro comportamento atual: o uso cada vez maior de dispositivos móveis, como tablets e celulares.

Hoje em dia, o protagonismo não é mais dos computadores. Segundo a TIC Domicílios, cerca de 97% dos brasileiros se conectam pelos celulares, enquanto o acesso por desktops caiu para 43%.

Ou seja, os consultórios precisam se destacar não apenas com a oferta de informações valiosas e confiáveis, mas também com a elaboração de sites responsivos.

É aí que entra a importância de contratar uma agência digital, para o planejamento de toda a estratégia envolvendo produção de conteúdo e arquitetura mobile.

Desse modo, o seu consultório poderá alcançar resultados excelentes no mercado, se destacando perante a concorrência, com um planejamento de marketing digital acessível e o melhor custo-benefício.

No artigo de hoje, conheça mais sobre a importância de deixar o site do seu consultório mais responsivo e as vantagens dessa estratégia.

Primeiro, o que é responsividade?

A responsividade nada mais é que uma tecnologia capaz de adaptar um site a diferentes formatos de tela, sem prejudicar a qualidade das imagens, a leitura dos textos e a velocidade de carregamento.

Dessa forma, quando você procura por criolipolise braço, por exemplo, pode se deparar com um site agradável tanto para celular quanto para computadores.

Mesmo que você esteja usando uma TV Digital de 32’’, a resolução ficará ótima.

Tudo isso, é por conta do código limpo da estrutura, que enxuga o número de elementos em uma página e os reorganiza conforme o tamanho da tela.

Assim, o site irá carregar rapidamente e oferecer uma ótima disposição do layout, independentemente do dispositivo.

O site responsivo é a mesma coisa que mobile?

Essa é uma das dúvidas mais comuns na hora de construir a arquitetura de um site. No entanto, a resposta é não: a responsividade é diferente de um layout mobile friendly.

Enquanto o primeiro se adapta a qualquer tamanho de tela, o site mobile é totalmente diferente, seja em linhas de código, imagens e estrutura, pois esses elementos são inteiramente pensados para os dispositivos móveis.

Normalmente, quem cria um site mobile desenvolve um subdomínio e, com isso, os usuários são redirecionados na hora que acessam a página por meio dos smartphones.

Desse modo, caso você esteja na rua e procure por escolas perto de mim no seu celular, é possível se deparar com sites mobile, como se fosse um “novo endereço URL” feito para dispositivos móveis.

Apesar de permitir uma boa navegação, a arquitetura mobile tem caído em desuso com o crescimento da responsividade, já que a nova solução dispensa o desenvolvimento de um subdomínio, convergindo todas as visitas para um mesmo endereço eletrônico.

Ou seja, com um site responsivo toda a informação se concentra em um único local, e qualquer mudança feita no código-fonte irá reverberar a todos os usuários, em qualquer tipo de acesso, seja em dispositivos móveis ou em desktops.

E quais são as vantagens de um site responsivo para o meu consultório?

O benefício mais óbvio é o acesso em qualquer tipo de aparelho.

Por conta disso, os sites institucionais, como lojas virtuais que vendem lembrancinhas para o dia das mães, bem como blogs, estão adaptando a sua arquitetura para corresponder à responsividade.

Mas há outros benefícios em ter um site responsivo, entre os quais:

1 – Melhor experiência dos usuários

A usabilidade é uma das grandes bases da experiência do usuário.

Afinal de contas, de nada adianta desenvolver um site altamente atrativo, com um design diferenciado, se as pessoas não conseguem acessá-lo.

Um levantamento feito pelo portal Mobile Advertising & Trends, mostrou que 61% dos usuários rejeitam um conteúdo em sites não responsivos e 67% estão mais propensos a comprar algo em páginas adaptáveis aos dispositivos móveis.

Por exemplo, se um usuário procura por conserto de persianas externas e se depara com um blog com ótimas informações, mas o tempo de carregamento é muito longo e o texto fica todo distorcido para leitura no celular, é muito provável que ele abandone a página.

Ou seja, você acaba de perder um visitante que poderia ser um potencial cliente porque não ofereceu uma boa experiência de navegação.

2 – Melhor ranqueamento no Google

Quando você quer encontrar um bactericida ar condicionado central, por exemplo, onde costuma fazer essa busca?

Se respondeu Google, você faz parte da maioria dos usuários que pesquisa um produto, serviço ou assunto dentro do mecanismo.

Daí o porquê das agências de marketing tenderem a focar em estratégias de ranqueamento no site de pesquisa.

Afinal, quanto melhor é a sua classificação no Google, maiores são as chances de aumentar o tráfego orgânico e alcançar a conversão de leads (potenciais clientes).

Para quem não sabe, desde 2015 os algoritmos do Google consideram a responsividade como um fator de ranqueamento e, portanto, parte das estratégias de otimização SEO (Search Engine Optimization).

Por isso, ao buscar por locação de retroescavadeira, por exemplo, há chances que os primeiros resultados sejam de sites responsivos (o que é uma grande vantagem).

Mas o SEO não se esgota aí. É preciso aliar a responsividade com outras estratégias, incluindo:

  • A produção de conteúdo relevante;
  • O emprego de palavras-chave;
  • A presença de link building;
  • A atualização periódica de conteúdo.

Com essas técnicas, é possível conquistar uma boa classificação no Google e alcançar cada vez mais visitantes para o site do seu consultório.

3 – Redução de custos

A tecnologia responsiva permitiu criar um único site adaptável para qualquer aparelho.

Essa praticidade implica em uma significativa redução de custos, já que não é preciso fazer a manutenção de vários endereços, nem manter inúmeros provedores web.

Quer dizer que um e-commerce responsivo especializado em venda de material de limpeza terá que arcar somente com o investimento em uma única página, o que não ocorre com a tecnologia mobile friendly.

Em conjunto a isso, ao melhorar a classificação no Google e a experiência do usuário, os sites responsivos geram mais oportunidades de negócio, o que pode afetar positivamente o ROI (Retorno sobre Investimento).

4 – Encurta a jornada de compra

O comportamento dos usuários nos dispositivos móveis tende a ser diferente dos internautas de desktop.

Normalmente, quem busca por uma aliança aço inox nos celulares quer um resultado rápido, para logo efetuar a compra.

Com os sites responsivos é possível oferecer um conteúdo mais direto, simples e prático ao público, encurtando a jornada de compras e favorecendo a conversão.

Posteriormente, essa compra pelo celular pode ser revertida em estratégias de remarketing e fidelização dos clientes, como o envio de newsletter, promoções, entre outras campanhas que ajudam o público a lembrar do seu consultório.

Importante ressaltar que os processos de compra não são homogêneos, portanto, não se pode deixar de lado as estratégias focadas na produção de conteúdo relevante e na nutrição dos leads com diversos materiais.

Conclusão

Construir um site responsivo tornou-se um diferencial de mercado, e por conta disso, vários consultórios e outros empreendimentos buscam adaptar a plataforma de suas páginas, ainda mais com o crescimento exponencial dos dispositivos móveis.

Entretanto, é preciso ter um planejamento adequado ao lado de programadores e estrategistas de marketing, para aproveitar todas as vantagens da responsividade.

Com isso, o seu consultório irá conquistar maior visibilidade, aumento do tráfego orgânico e as taxas de conversão, o que pode resultar em algo positivo para a lucratividade.

 
Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.