fbpx

Marketing Médico: Como produzir conteúdo de meio de funil

Trabalhar no meio do funil é essencial para desenvolver uma melhor taxa de conversão. Nesse momento, no caso de um consultório médico, o paciente já identificou que possui um problema, e está tentando encontrar as melhores soluções para ele.

Muitas vezes, uma agência de marketing digital pode ajudar seu consultório a identificar quais elementos podem ser explorados nesse tipo de contato, mas é ideal que você compreenda o funcionamento para um melhor resultado.

O marketing é uma ferramenta que tem evoluído cada vez mais, em ritmo acelerado. A tecnologia tem permitido novas técnicas de atração e retenção de público, que vem trazendo muitos resultados.

Isso funciona em todas as áreas do mercado, incluindo os profissionais de saúde. A medicina existe há muito tempo, e sua importância nunca foi questionada.

Mas sair na frente da concorrência pode ser um processo que depende fundamentalmente de uma boa estratégia de marketing digital.

Dentro do espectro do marketing, um elemento que tem ganhado cada vez mais destaque é o Marketing de Conteúdo. Essa técnica tem como objetivo conectar-se com o público utilizando ferramentas valiosas de comunicação e informação.

Ao gerar conteúdo para blog, você desenvolve um contato muito mais pessoal com seu público, o que pode afetar positivamente sua conversão em leads, e consequentemente, de pacientes.

Essa ferramenta é fundamental para a área da saúde, que sofre certas restrições quanto a utilização de marketing para divulgação devido às normas do Conselho Federal de Medicina (CFM), e pode ser a diferença para montar um caso de sucesso com seu consultório.

Através da criação de conteúdos relevantes de sua especialização, você consegue melhorar o alcance de seu público-alvo e identificar boas ferramentas de trabalho que serão utilizadas ao longo de todo o processo que seus pacientes passarão.

Isso desde o início até o fim do funil de vendas.

Hoje em dia, a primeira reação da maioria das pessoas quando existe alguma alteração no estado de saúde não é procurar um especialista, e sim procurar em ferramentas de pesquisa na internet sobre os sintomas e possíveis causas dessas alterações.

Apesar da facilidade de acesso à informação, isso nem sempre é ideal. Existe na internet muito conteúdo falso ou com poucas informações, o que pode levar a pessoa a uma compreensão errada do que de fato está sentindo.

No campo da saúde, isso pode ser particularmente perigoso. Portanto, o marketing de conteúdo feito por um profissional qualificado torna-se até mesmo um trabalho de prevenção.

Por isso, criar uma ação de marketing digital pautada na responsabilidade e honestidade é o melhor caminho para crescer.

Com informações precisas e detalhadas, é possível desmistificar uma série de problemas e evitar que uma atitude seja tomada sem o conhecimento correto para um tratamento.

Quanto mais publicações você fizer, mais acabará sendo reconhecido pelo assunto que domina, tornando-se uma autoridade no campo escolhido.

Esse respeito adquirido na internet extrapola para o mundo offline, uma vez que as pessoas irão procurar seus serviços quando tiverem algum tipo de questionamento acerca da própria saúde.

Isso gera um interesse maior de entrar em contato e agendar uma visita, ampliando sua rede de clientes.

Como trabalhar o meio de funil de vendas?

A ideia por trás do funil de vendas é definir quais são os melhores formatos de engajamento com o público em cada etapa da jornada de compras, desde que ele inicia sua busca até o momento da conversão.

Para você vender um processo de harmonização facial sem agulhas, seu público precisa identificar essa necessidade, para então procurar soluções e encontrar seu estabelecimento.

Cada estágio do funil tem suas particularidades, sendo possível trabalhar o cliente de maneira diferenciada para acompanhá-lo em todo o processo.

Um dos principais momentos para se trabalhar quando falamos de um funil de vendas é a etapa do meio. Nesse caso, a pessoa sabe o que precisa, já entendeu o que procura e está ativamente buscando uma solução para um problema.

Neste momento, a pessoa já tem ideia do que está procurando, portanto conteúdos genéricos não atraíram sua atenção.

É hora de focar em ações direcionadas, com informações complexas que permitam ao cliente entender melhor a situação que ele está passando.

Textos em redes digitais, como blogs ou redes sociais, são ótimos canalizadores desse tipo de cliente. Nestes escritos, é possível identificar detalhes sobre determinados tipos de tratamento para uma doença, ou alternativas para um procedimento estético.

A utilização desses temas pode informar as vantagens de um tratamento natural para glaucoma, identificando os clientes do porquê eles devem escolher seu consultório para realizar tal tratamento.

Aqui também vale o uso do expertise profissional. Para tornar-se relevante entre o público-alvo, demonstre seu conhecimento e transmita-o de uma forma que as pessoas consigam entender o que está acontecendo, mesmo que sejam leigas.

A criação de e-books, por exemplo, pode ajudar e muito nessa etapa do funil, pois consegue passar a informação com muito mais detalhes que uma simples publicação em blogs.

O e-book é um formato bastante escolhido pela sua praticidade, podendo ser utilizado em computadores, tablets e smartphones sem a necessidade de comprar um livro físico.

Além do mais, e-books também não precisam ter tantas páginas. Desde que a informação seja passada com detalhes e informações relevantes, você pode condensar o conteúdo.

Palestras e workshops digitais também funcionam muito no meio do funil. Muitas pessoas têm mais facilidade para aprender através do contato direto, e esse tipo de conteúdo é muito mais fácil para absorção.

Um especialista de manutenção em hospital pode até criar uma série de vídeos que expliquem de forma didática quais elementos são primordiais para solucionar qualquer problema do cliente.

Além disso, os pacientes poderão tirar um tempo para eliminar qualquer dúvida que tenham, estreitando o relacionamento com o profissional.

Produzindo conteúdo para o meio de funil

Existem diversas formas de utilizar o marketing digital para construir uma rede sólida de conteúdo. Entretanto, é preciso pensar em alguns detalhes especiais para a área da saúde, que não podem ser utilizados levianamente.

Pensando nisso, algumas estratégias podem ajudar clientes que estão no meio do funil a seguir para o próximo passo, especialmente se houver uma atenção extra para as dificuldades de um cliente em específico.

Para vender homeopatia para sinusite, por exemplo, é necessário um estudo de necessidade de seus clientes, buscando um melhor resultado.

Pensando nisso, é importante entender como agir para converter uma parcela maior de clientes para seu consultório.

1. Responda dúvidas

A maioria dos clientes que descobriram qual é o problema que eles possuem ficam com uma série de questionamentos.

Concentrar-se em responder da melhor forma possível toda e qualquer dúvida apresentada é fundamental para uma melhor aproximação. Portanto, crie conteúdos de fácil assimilação que desenvolvam dúvidas comuns entre clientes de sua especialização.

Deixar claro como são os procedimentos de aplicação enzima pode garantir que o cliente passe para a próxima etapa do funil.

Um paciente que consiga sanar suas dúvidas básicas com seu conteúdo tem grandes chances de tentar agendar uma visita no consultório para realizar o tratamento, tornando-se um cliente fiel.

2. Tenha clareza em seu conteúdo

A área da medicina tem uma série de declarações dúbias ou polêmicas. Seja por falta de acordo entre especialistas ou por pouca aceitação de profissionais, muitos assuntos acabam deixando os pacientes com medo ou em dúvida de como seguir.

Pensando nisso, é ideal que você tente aproveitar para esclarecer assuntos delicados que estejam dentro de sua área de atuação. Isso te colocará como uma referência no assunto, desde que ele seja tratado com muita atenção e cuidado profissional.

Se você é odontologista e pretende vender o conceito de braquetes autoligados, crie conteúdos relevantes que demonstrem por que uma pessoa deve escolher esse modelo.

Procure embasar suas ideias com apoio científico, seja através de pesquisas ou trabalhos acadêmicos, para dar mais força a seu conteúdo e permitir que os clientes se sintam seguros em consumir esse material.

3. Aposte em notícias relevantes

Quando você aproveita as notícias relevantes acerca de sua especialização, acaba se engajando melhor com pacientes que estejam procurando a solução que você apresenta.

Pessoas que encontram-se no estágio do meio do funil de vendas precisam de certezas, de resultados para os problemas que elas apresentam. Em casos médicos, um paciente que sabe o que tem deseja encontrar possibilidades de resolução.

Mesmo em casos de venda de produtos hospitalares, como aparelho de surdez, você pode precisar informar aos clientes as novidades dentro da área e porque seu produto vale a pena.

Por isso, as pessoas nessa etapa do funil procurarão novidades e notícias relacionadas ao tema, tentando identificar novidades em tratamentos e novas informações de valor.

Canalizar esse tipo de informação acaba atraindo mais pessoas para seu site e, por consequência, para seu consultório.

É importante tomar muito cuidado para não divulgar informações que sejam alarmantes para a sociedade como um todo, uma vez que isso não é permitido.

4. Use ferramentas de análise

Muitas ferramentas de marketing permitem uma análise do conteúdo apresentado, permitindo uma maior identificação dos pontos positivos da estratégia e quais elementos precisam ser repensados.

Através de ferramentas de automação de marketing, como a RD Station, é possível identificar os melhores elementos de uma campanha para conseguir converter mais clientes para o próximo estágio do funil de vendas: o fundo do funil.

Através das ferramentas de análise, você pode identificar se a procura por bolsa de colostomia interna está em alta ou em baixa, pensando em novos formatos para vender esse tipo de tratamento.

Ao utilizar essas técnicas, você acabará conseguindo atrair muito mais pacientes de forma contínua e orgânica, utilizando as ferramentas digitais para um melhor engajamento.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta