Toda e qualquer estratégia de Marketing, depende de um bom conteúdo. Tenha acesso aos melhores posts sobre Marketing de Conteúdo, clicando aqui.

Marketing de Conteúdo: A importância para um consultório odontológico

Quando pensamos no conceito de Palavra-chave, logo nos vem à mente uma das estratégias mais importantes em marketing digital, conhecida como marketing de conteúdo.

Atualmente, o foco de qualquer negócio deve ser criar e distribuir conteúdos relevantes, tendo em vista a necessidade do consumidor em obter informações antes de realizar qualquer compra.

O foco desse tipo de material não é promover a marca – não de maneira explícita –, mas sim, ajudar o público a resolver seus problemas e transformar a empresa em autoridade naquilo que faz.

Isso é mais importante do que investir em anúncios direcionados à venda.

É claro que vender é importante, incluindo para os consultórios odontológicos, mas mostrar para o seu potencial consumidor que você se preocupa com o problema dele também é essencial.

Tudo porque o comportamento dos clientes mudou muito, ou seja, não basta apenas um bom atendimento e produtos e serviços de qualidade, é preciso educá-los, oferecer conhecimento e tirar as suas dúvidas.

Os consultórios odontológicos também precisam se voltar para isso, e neste artigo, vamos falar sobre o marketing de conteúdo e mostrar de que maneira a estratégia vai beneficiar o consultório odontológico e seus pacientes. Acompanhe!

O que é marketing de conteúdo?

O marketing de conteúdo consiste na produção de conteúdos direcionados a um público-alvo específico, visando auxiliar o processo de compra e atraindo os clientes de forma natural.

O principal objetivo é fornecer informação às pessoas, para fazer com que elas adquiram respeito pela marca e a vejam como referência, tornando-se, assim, cliente.

Apesar de ser muito importante e usado por todos os tipos de empresas, desde consultórios até fabricante de porta de correr de aluminio 1 folha, trata-se de um conceito novo, surgido neste século.

Mesmo assim, sua aplicação já acontecia antes mesmo de a internet se tornar o principal canal de comunicação, por meio de revistas e outros formatos que levavam informação para as pessoas, isto é, o marketing offline.

Desde então, o marketing de conteúdo vem sendo aprimorado e se tornou a principal forma que uma empresa tem para falar sobre seu nicho de mercado, levando até os clientes as informações que eles precisam.

Importância do marketing de conteúdo

Algumas pessoas ainda insistem em acreditar que não precisam investir em conteúdo a partir do momento em que investem em anúncios.

Só que, para se ter uma ideia, a veiculação de conteúdos relevantes conseguiu fazer pelas empresas aquilo que o marketing tradicional não conseguiu fazer.

Para compreender, basta observar as clínicas odontológicas que trabalham com essa estratégia, pois elas conseguem atrair muito mais clientes e ainda estabelecer um ótimo relacionamento com eles após a compra, além de obter benefícios como:

1 – Aumentar a visibilidade na internet

O marketing de conteúdo também é parte importante do SEO. Para que seja perfeito, precisa usar estrategicamente as palavras-chave e fazer link building de qualidade.

Por exemplo, uma empresa de lonas pode usar a palavra “lona grossa para toldo” um número x de vezes, em posições estratégicas do texto, além de linkar com o site de uma empresa parceira que também ofereça conteúdo de qualidade.

2 – Aumenta a interação com a marca

Se o cliente precisa conversar com uma empresa, tirar suas dúvidas e enviar sugestões, ele vai escolher aquelas marcas que melhor trabalham com o marketing de conteúdo.

Essa situação se repete com as clínicas odontológicas. Inclusive, podemos dizer que para elas isso é ainda mais importante, uma vez que é comum as pessoas recorrem ao Google quando estão com dor de dente ou notam algo diferente na boca.

Dessa forma, o consultório consegue a atenção da audiência, por meio do compartilhamento de conteúdos com os seguidores das redes sociais, por exemplo.

É uma publicidade espontânea que também pode ser veiculada em blogs, além de outros formatos, como uma central de ajuda e treinamentos online.

Aliás, é importante dizer que o marketing de conteúdo pode assumir vários formatos:

  • Textos;
  • Vídeos;
  • Áudios;
  • Infográficos.

Principais aplicações do marketing de conteúdo

Antes de apresentarmos as principais aplicações do marketing de conteúdo, que se traduz em suas estratégias mais usadas, é importante dizer que essa ação não se resume apenas em escrever textos para o blog do seu consultório odontológico.

Existem várias maneiras que uma fabricante de lambrusco espumante pode aplicar essa estratégia, dentre elas:

  • Blogs;
  • Conteúdos ricos;
  • Vídeos;
  • Redes sociais;
  • E-mail marketing.

No entanto, o blog é a opção primordial para começar a trabalhar o marketing de conteúdo.

Só que ainda existem algumas pessoas que acreditam que esse canal ficou ultrapassado por causa do crescimento no uso das redes sociais, o que não é verdade.

O blog é um domínio próprio, e o consultório consegue ter domínio de todas as ações em marketing de conteúdo.

Por meio de bons conteúdos e otimização em SEO, a plataforma de uma nutricionista esportivo sp zona sul consegue conquistar um bom tráfego.

Um bom relacionamento via e-mail e mídias sociais também ajudam nesse quesito, levando para o blog leitores que podem vir a se tornar clientes.

Dicas para seu consultório odontológico

Existem práticas de marketing de conteúdo que são mais indicadas para os consultórios odontológicos, e algumas delas são:

1 – Utilizar linguagem acessível

Na área odontológica, assim como na medicina e em vários outros nichos, como termos encontrados em um livreto para transferência de cnh de um estado para outro, podem conter termos que o público, de maneira geral, não compreende e não sabe o que significa.

Por isso, é importante que a linguagem seja fácil e acessível, além de que o conteúdo seja explicado de maneira clara e objetiva.

2 – Abordar temas de interesse geral

Os temas devem ser sempre voltados para a área de atuação do consultório. Isso porque deve-se levar em consideração o fato de que muitas pessoas procuram materiais que ofereçam solução prática.

Assim como uma pessoa interessada em comprar parede drywall quarto pode encontrar conteúdos sobre como instalar a parede, um consultório pode oferecer conteúdos sobre como escovar os dentes corretamente, a importância do uso do fio dental, etc.

Também pode abordar sobre a necessidade de uma limpeza com um periodontista, pois isso remove o acúmulo de tártaro e outros problemas que podem prejudicar os dentes.

É interessante falar sobre a importância do dentista para a saúde como um todo, entre outros diversos temas.

Ou seja, são assuntos do interesse comum e que mostram para o usuário o valor da empresa e do que ela tem a oferecer, além de muni-lo de informações importantes.

Por que optar por agências de marketing digital?

Uma escola de aula de ballet adulto é especialista no que faz, certo? Mas ela vai precisar da ajuda de especialistas em marketing digital para ter acesso às melhores vantagens da estratégia, assim como um consultório odontológico.

Por meio de uma agência, a empresa tem acesso a conhecimento técnico e recursos para colocar em prática todos os conhecimentos relacionados ao marketing de conteúdo.

Então, se uma fabricante de teto de gesso flutuante quer alcançar, engajar e converter um número satisfatório de clientes, precisa contar com as agências de marketing.

Elas trabalham com especialistas e fazem uso de excelentes ferramentas de automação, como a RD Station. Por meio dela, todas as ações são bem executadas e o planejamento de marketing digital é seguido à risca.

A agência de marketing vai criar e executar as melhores ações em marketing de conteúdo, mas também de SEO, Inbound Marketing, e-mail marketing, links patrocinados e qualquer outra ação que o consultório deseje.

Os profissionais são capazes de oferecer o que há de mais atual dentro dessas estratégias.

Portanto, além de o consultório ter a oportunidade de investir em práticas de como gerar conteúdo para blog, irá fazer isso usando o que há de mais moderno em cada uma.

Por isso, uma agência de marketing digital é formada por um grupo de profissionais que consegue combinar as melhores estratégias, focado em atender os objetivos da organização e suas campanhas de maneira assertiva.

Essas agências também se responsabilizam pelos investimentos que o consultório fizer em outras ações, como links patrocinados e outros anúncios pagos em plataformas, como o Facebook e o Google Ads.

Dessa forma, ao contratar uma agência de marketing digital, os profissionais se encarregarão de gerenciar o orçamento em marketing digital, otimizando o retorno e garantindo os melhores resultados.

Conclusão

O marketing de conteúdo é muito importante para qualquer modelo de negócio, e isso não é diferente para os consultórios odontológicos.

É por meio dele que os profissionais desses estabelecimentos conseguem mostrar seu profissionalismo e domínio, antes mesmo de atender o paciente.

Leva ao público informações úteis e esclarecedoras, que transformam a empresa em referência naquilo que faz. É, portanto, uma estratégia indispensável para quem quer ir mais longe em seu mercado de atuação.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Desenvolva a melhor estratégia de Marketing de Conteúdo para seu escritório de advocacia

Com a crescente concorrência na área jurídica, o Marketing de Conteúdo é uma alternativa ao antigo boca a boca, que divulgava os profissionais da área e as suas competências.

Hoje em dia, os profissionais não podem mais se dar ao luxo de viver de recomendações: para se destacar no mercado é preciso fazer mais do que isso, se torna cada vez mais necessário investir em diversas formas de divulgação.

Entretanto, é preciso lembrar que as estratégias não podem violar as restrições à publicidade impostas pelo Código de Ética da OAB e o Estatuto da Advocacia. Portanto, o desafio é fazer o escritório de advocacia se destacar de uma maneira eficiente e legal.

O Marketing de Conteúdo se mostra uma ótima alternativa não só para a conquista de novos clientes, mas também para a fidelização dos atuais. Além disso, é uma maneira de dar mais visibilidade para o negócio.

Por isso é fundamental que os advogados compreendam a importância de desenvolver uma estratégia de Marketing de Conteúdo adequada, com conteúdos relevantes e informativos, construindo uma imagem positiva dos escritórios ou empresas de advocacia.

O que é o Marketing de Conteúdo?

O Marketing de Conteúdo é uma vertente do Marketing, que consiste na produção e compartilhamento de conteúdos relevantes na internet.

A ação de marketing digital está baseada na ideia de que ao entrar em contato com o conteúdo disponibilizado online, se o material atende às suas necessidades, são grandes as chances de identificação com a mensagem.

Isso costuma acontecer quando as pessoas têm dúvidas sobre determinados assuntos, como a realização de laudo pericial trabalhista, e recorrem aos mecanismos de buscas para entender melhor sobre o tema.

A consequência direta é a identificação com a empresa que fornece as informações. Isso ocorre, especialmente, se a pessoa acabar consumindo mais conteúdos no blog, site ou redes sociais – no caso de conteúdos que oferecem experiências completas e satisfatórias aos seus consumidores.

Essa identificação acaba resultando em ótimas vantagens para qualquer tipo de negócio, tanto um escritório de advocacia quanto uma empresa de blindagem de carros, por exemplo.

Dentre os benefícios, é possível destacar:

  • Posicionamento da empresa como especialista em determinado assunto;
  • Aumento significativo da visibilidade do negócio;
  • Facilidade no contato com clientes e potenciais clientes;
  • Criação de relacionamento duradouro e relevante entre empresa e público.

Para isso, os conteúdos devem conter informações importantes, capazes de criar um relacionamento com a persona (perfil semi ficcional do cliente ideal).

Essa relação é baseada, principalmente, na confiança, gerada pela qualidade de postagens em blogs ou nas redes sociais, e-books, vídeo-aulas, entre outros tipos de materiais.

De uma maneira geral, todo conhecimento especializado que seja útil para o cliente ideal de um negócio pode ser considerado um conteúdo relevante.

Por que investir em Marketing de Conteúdo para o escritório jurídico?

Atualmente, as pesquisas na internet são um consenso entre os consumidores, independentemente, do tipo de produto ou serviço desejado.

A primeira coisa que as pessoas fazem quando precisam realizar uma compra significativa ou contratar um serviço especializado é buscar informações na internet. A regra também acaba se aplicando aos serviços jurídicos.

Afinal, quando alguém precisa de um advogado para consultoria no aluguel de galpão de estoque para empresa, para exemplificar, geralmente entra no Google e pesquisa um pouco sobre o próprio problema e soluções que podem ajudar a resolvê-lo.

Portanto, a presença online é fundamental para as empresas jurídicas. Gerar conteúdo para blog é uma maneira de se manter ativo online, com materiais úteis para o público.

Também é essencial investir em um relacionamento com essas pessoas, mostrando que o escritório estará sempre à disposição, o que acaba gerando mais oportunidades de negócios.

A produção constante de artigos também ajuda na comunicação com antigos clientes. Assim, o escritório mostra que continua à disposição para consultoria em diversos assuntos, como cláusulas no aluguel gerador, por exemplo.

Por fim, o Marketing de Conteúdo é uma ótima maneira de posicionar um profissional ou escritório jurídico como uma autoridade no mercado.

A publicação de artigos e conteúdos de variados formatos ajuda na exposição de conhecimentos ao público.

Também vale lembrar que o artigo 46 do Código de Ética da OAB autoriza o Marketing de Conteúdo, desde que ele seja feito com responsabilidade.

Como fazer o Marketing de Conteúdo no escritório?

Algumas recomendações simples podem ajudar bastante no planejamento de ações de Marketing de Conteúdo para as empresas jurídicas. São elas:

1. Definir uma persona

A ideia central do Marketing de Conteúdo é produzir materiais voltados, especialmente, para determinado perfil de potencial consumidor. O objetivo é atrair público qualificado, que realmente tenha interesse nos produtos ou serviços.

Para isso, é importante definir personas, perfis de clientes para os quais os conteúdos serão direcionados.

A ideia é que um blog post sobre a consultoria jurídica em questões de controle de acesso condominial seja produzido para sanar as dúvidas de quem procura esse tipo de conteúdo.

A montagem de personas assertivas ajuda a nortear as campanhas de Marketing de Conteúdo e possibilita a criação dos materiais perfeitos para gerar identificação no público.

2. Investir em material educativo

É bastante comum que as pessoas tenham dúvidas pobre processos, direitos, contratos e todos os tipos de questões legais, como a renovação CNH provisória – e nem todo mundo conhece um advogado solícito, que aceite “apenas tirar dúvidas”.

No momento de dificuldade, essas pessoas costumam procurar as respostas na internet, e por isso o Marketing de Conteúdo pode ser uma excelente maneira de ajudar a educar o público sobre questões jurídicas presentes no dia a dia.

Isso é feito por meio do compartilhamento de materiais relevantes e conscientes sobre os problemas do público.

É possível escrever sobre a importância de escolher um bom advogado e como fazer isso, benefícios de contar com uma consultoria jurídica, direitos e deveres diante de situações como primeiro emplacamento PCD, e muitas outras dúvidas que podem ser recorrentes às personas da estratégia.

O material educativo ajuda os escritórios a ganharem visibilidade e credibilidade. Em outras palavras, com o tempo eles contribuem para a empresa se destacar como uma autoridade.

3. Traduzir o “juridiquês”

O fato de o Direito não ser acessível para os leigos, atrapalha a compreensão de muitos assuntos, principalmente quando os profissionais da área não se dão ao trabalho de traduzir o famoso “juridiquês”.

Os jargões jurídicos impedem que grande parte das pessoas consiga entender as questões jurídicas, e por isso eles devem ser evitados sempre.

O ideal é criar um conteúdo capaz de traduzir as leis e entendimentos que podem ser do interesse das personas.

Para isso, é preciso investir em uma linguagem simples, o mais fácil de entender possível. Uma dica é escrever como se estivesse explicando a questão para um cliente ou persona, que deve compreender todos os aspectos abordados.

4. Falar sobre tendências do mercado

Algumas áreas do Direito estão em expansão, mas mesmo assim pouco se sabe sobre elas.

Empresas jurídicas que trabalham na área desportiva ou ambiental, por exemplo, podem aproveitar para abordar os temas e alcançar mais potenciais clientes.

A ideia é explicar e deixar claro o que o escritório faz, como a área tem crescido e por que é importante investir nela.

Assim, o escritório ajuda as personas a se manterem informadas sobre as novidades do mercado.

Com mais informação é mais provável que um motoboy para delivery, ou outra pessoa ou profissional comum, invista na área.

Além disso, as pessoas tendem a procurar os serviços das empresas que já tenham garantido certa autoridade e credibilidade.

Assim, o Marketing de Conteúdo ajuda as empresas jurídicas a se destacarem, de acordo com os serviços que oferecem e as tendências da área.

5. Divulgar conteúdos

Ao divulgar ao máximo os conteúdos produzidos, o escritório garante ainda mais visibilidade para as campanhas, aumentando a eficiência dos esforços.

Portanto, não basta produzir o conteúdo e postar no site, é necessário divulgar ao máximo para aumentar o alcance das ações. Assim, é possível impactar o máximo de pessoas possível, considerando as personas do negócio.

O uso de agência digital especializada em Direito e redes sociais é um ótimo começo. Também é válido citar os anúncios patrocinados e envio de newsletter por e-mail, que também podem gerar ótimos resultados.

O importante ao adotar o Marketing de Conteúdo é assumir uma postura responsável com relação ao compartilhamento de conhecimentos.

Planejar bem o conteúdo e diversificar os formatos, com artigos, vídeos e infográficos informativos, são ações que podem garantir materiais únicos e relevantes.

O estudo do Código de Ética da categoria é fundamental durante todas as etapas, para evitar problemas.

Assim o desenvolvimento de uma estratégia adequada de Marketing de Conteúdo pode contribuir para o crescimento dos negócios na área jurídica.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Saiba como utilizar estratégias de Marketing de Conteúdo para consultórios médicos

Se você tem um consultório médico, sabe que o CFM (Conselho Federal de Medicina) já desenvolveu um manual de publicidade para regulamentar a prática do marketing dentro da área.

Existem algumas regras básicas para promover o seu consultório, primando sempre pela ética nesse tipo de comunicação com o público.

Caso você deseje investir em técnicas de inbound marketing em Curitiba ou qualquer outra capital, anúncios na internet ou panfletos físicos, todas essas possibilidades são permitidas dentro da área médica.

As regras estabelecidas envolvem pontos que tratam de maneira mais transparente sobre a atuação dos profissionais da área, de modo que eles não desmereçam os colegas de profissão e não iludam os seus pacientes.

Se você quer investir no marketing para seu consultório, mas tem dúvidas sobre como fazer isso, ou quer uma estratégia bem definida, pode contar com os serviços de uma agência marketing digital para realizar essa ação.

Para entender mais sobre o assunto, siga a leitura deste artigo.

O que não pode ser feito em uma ação de marketing médico?

O Manual de Publicidade Médica aborda algumas das principais técnicas de marketing que devem ser evitadas em um anúncio.

Essas mesmas técnicas, quando utilizadas para a propaganda de um serviço como a laminação bopp brilho não apresentam nenhum tipo de restrição. Dessa forma, se tornam impróprias apenas dentro da área médica.

Algumas delas são:

  • Classificar-se como “o melhor” ou “o mais capacitado”;
  • Dizer-se o único capaz de solucionar um problema;
  • Garantir resultados em um determinado procedimento;
  • Diagnosticar ou sugerir tratamentos sem realizar uma consulta;
  • Dizer-se especialista sem ter um certificado;
  • Entre outros pontos.

O código ético não permite que um profissional utilize qualquer tipo de propaganda para dizer-se o melhor na área, ou aquele que seja o mais capacitado em um determinado procedimento.

Também não é permitido falar que é o único profissional capaz para tratar um paciente, sendo essas consideradas práticas antiéticas.

Outra determinação é a de não garantir um determinado resultado. Deve-se, ao contrário, instruir sobre os benefícios que um tratamento pode oferecer ao paciente.

É vedado ao profissional de medicina sugerir tratamentos ou diagnosticar um quadro de saúde sem antes realizar uma consulta médica. 

Afinal, não é possível dar uma opinião sem conhecer o quadro do paciente de maneira mais detalhada, ou sem examiná-lo.

Para dizer-se especialista em um determinado segmento da medicina, é preciso que o profissional tenha o certificado dessa área.

Por isso, ao gerar conteúdo para blog, por exemplo, o médico pode tratar de modo mais abrangente sobre temas variados, dentro da área em que ele atua.

Há ainda outras determinações específicas, que podem ser facilmente consultadas diretamente no Manual confeccionado pelo CFM.

Após conhecer algumas das restrições de marketing médico, o próximo passo é entender mais sobre as principais estratégias de marketing de conteúdo para os consultórios.

A importância do Marketing de Conteúdo para clínicas médicas

O marketing de conteúdo é uma das principais estratégias para a promoção de um negócio, independentemente do seu segmento.

Para os consultórios médicos, essa também é uma ferramenta bastante eficiente, que pode levar informações aos seus pacientes de maneira descomplicada e acessível.

Uma empresa de enfermagem domiciliar, por exemplo, pode utilizar o seu blog para disponibilizar materiais pertinentes ao seu segmento de atuação, falando sobre os equipamentos utilizados nos atendimentos em residência, ou sobre alguns procedimentos de cuidado e higienização para os pacientes.

Isso é importante por vários motivos. Em especial, porque você pode manter os seus pacientes informados sobre diferentes temas – que podem ser de grande importância para eles.

Ademais, por se tratar de assuntos relacionados à saúde das pessoas, ao mesmo tempo em que você está divulgando o seu trabalho de acupuntura para ansiedade, também está transmitindo conhecimentos válidos para as pessoas, ajudando-as a encontrar soluções para seus problemas.

Por isso, o marketing de conteúdo voltado para a profissão médica traz benefícios para ambos os lados, sendo de fundamental importância para todos.

Estratégias de Marketing de Conteúdo para consultórios

O marketing de conteúdo pode ser utilizado para que você se comunique com seus pacientes de maneira ampla e objetiva.

Por isso, você precisa investir em algumas técnicas para que o seu artigo atraia um grande número de leitores. Entre elas, podemos elencar:

  • Um texto com linguagem fluida;
  • Conteúdo claro e direto;
  • Uso de imagens que facilitam o entendimento;
  • Escolher palavras-chaves;
  • Entre outros pontos.

Um texto que aborde um assunto como o de cirurgia dentaria gengiva deve ser confeccionado com uma linguagem mais simples e fluida.

Pode ser que um paciente que precise realizar o procedimento pesquise sobre o assunto na internet por estar com receio de realizá-lo.

Por isso, se ele encontra um conteúdo abordando o tema de uma maneira descomplicada, que o faça entender sobre o processo, isso pode tranquilizá-lo para que ele compareça na data marcada sem grandes receios.

Outra técnica importante voltada para a produção de conteúdo da área médica é a “tradução” de vários termos utilizados no segmento, para que o usuário possa absorver um artigo de maneira integral.

Assim, se um profissional vai tratar a questão de problemas comuns para idosos, ele deve simplificar a abordagem, de modo que o leitor possa entender o que causa essas situações.

O conteúdo fica mais completo quando há indicação de práticas que possam prevenir problemas, tal como um treinamento funcional para idosos ou aulas de hidroginástica.

Usar imagens ou vídeos dentro de um determinado conteúdo pode otimizar a compreensão do leitor. Além de que essa estratégia pode tornar a leitura muito mais agradável, atraindo bastante interessados.

Também é importante que você utilize palavras-chave no decorrer do seu texto. Essa técnica faz com que seu conteúdo seja localizado mais facilmente, quando um paciente realiza uma pesquisa na internet.

Se você quer trazer mais visitantes para o site da sua clínica médica geral, pode escrever sobre a necessidade de realizar check-ups periódicos, utilizando palavras-chave como “consultório médico”, “exames de rotina” ou “clínico geral” dentro da sua postagem.  

Essas estratégias de marketing de conteúdo trazem mais leitores para o seu site, e fazem com que o número de pacientes possa crescer de maneira interessante.

Onde o Marketing de Conteúdo pode ser aplicado?

As estratégias de marketing de conteúdo podem ser aplicadas em diferentes canais, divulgando os conteúdos que você produziu para vários usuários.

Entre os principais estão: blog, sites, redes sociais e e-mail marketing.

Uma estratégia bastante utilizada para divulgação de clínicas médicas é a da criação de uma série de artigos sobre um determinado tema.

Você pode selecionar um assunto de interesse geral, como a prática de atividades físicas, associada a uma boa alimentação. Para isso, é necessário montar um cronograma, onde você pode coordenar a ordem e o período de envio dos artigos.

No primeiro dia, pode ser enviado um conteúdo sobre os alimentos indicados para quem deseja perder peso. No dia seguinte, o texto pode abordar diferentes tipos de atividades físicas, como o treino funcional para iniciantes.

Essas dicas podem ajudar um paciente a administrar melhor a sua rotina, e conseguir obter sucesso na perda de peso. 

Essa série de conteúdos pode ser enviada tanto por e-mail marketing, ou inseridas no blog/site, quanto postada diariamente nos seus perfis das redes sociais.

Isso, porque esse formato é ideal para o marketing de conteúdo, pois são as maneiras mais fáceis de alcançar o seu público.

Também é possível apostar na gravação e divulgação de vídeos, abordando vários assuntos de interesse geral, sempre de forma rápida e simples. 

Uma pessoa que deseja realizar um procedimento estético cirúrgico pode encontrar o seu vídeo muito mais facilmente, enquanto ela realiza uma busca na internet sobre a necessidade do uso de cinta pós cirurgica lipoescultura.

Esse conteúdo pode ser tão atrativo que ela passa a ser uma seguidora, de modo que possa assim acompanhar todos os novos vídeos que você disponibilizar para o seu público.

Os resultados do Marketing de Conteúdo

O marketing hoje é uma estratégia necessária para qualquer tipo de empreendimento. Isso inclui os estabelecimentos médicos, que podem passar por alguns períodos sem receber um índice alto de clientes.

Nesse caso, torna-se essencial que os médicos que desejam alavancar os seus resultados utilizem o marketing de conteúdo para promover o seu consultório. Utilizar as ferramentas mencionadas para tornar a sua clínica mais conhecida é uma maneira eficaz para isso.

Sendo assim, você deve investir na criação de conteúdo relevantes para os seus pacientes, de modo que eles encontrem você, reconhecendo a sua autoridade e a qualidade dos serviços prestados pelo seu estabelecimento.

Assim, é possível realizar uma ação de marketing totalmente voltada para os princípios éticos que a profissão exige, além de ser uma forma mais assertiva de conquistar novos pacientes. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Marketing de conteúdo e suas estratégias para fidelizar clientes

Uma das consequências da popularização da internet é a exigência em relação aos conteúdos, o que ocasiona táticas como marketing de conteúdo, que são implementadas pelas empresas. 

Nesse cenário, o marketing voltado a conteúdo é considerado uma solução, em especial, por visar a elaboração de materiais consistentes e relevantes para atrair a audiência.

A partir desse ponto, também é possível alcançar um melhor engajamento e conduzir o cliente em potencial para a concretização da compra.

Conforme será visto ao longo do texto, o marketing de conteúdo reúne diversos benefícios, com ênfase na fidelização de clientes.

Porém, nesse momento é interessante abordar a versatilidade proporcionada por esse tipo de método.

Basta considerar que abrange muito mais do que produzir artigos para sites, uma vez que se apresenta como um dos principais pilares de outras estratégias no marketing digital.

Como por exemplo, o e-mail marketing, o inbound marketing, as técnicas de pesquisa chamadas de Search Engine Optimization ou SEO, entre outras possibilidades.

Essa característica é apontada justamente para que se perceba que o conteúdo tem grande importância em uma empresa.

Pois está presente desde a construção de uma mensagem a ser enviada por e-mail até fatores associados com a otimização para alcançar um posicionamento melhor nos mecanismos de busca.

Naturalmente, a fidelização é alcançada a partir de técnicas como essas que são capazes de fornecer experiências positivas para os clientes ao atender suas necessidades com precisão.

A seguir, confira as principais alternativas que podem ser exploradas no marketing de conteúdo para que a fidelização seja alcançada.

Leia também:

Influenciador Digital: Como escolher certo?
Marketing Digital e Mídias Sociais quais são as diferenças?

A ligação do marketing de conteúdo com a fidelização

Entregar materiais valiosos é uma premissa de destaque quando se trata do marketing de conteúdo.

Devendo ser atendida independente dos responsáveis estarem associados a uma agência de marketing ou com um time dessa área na própria empresa.

Entre os pontos que são trabalhados e estão a favor da fidelização, é possível citar:

Brand awareness

O reconhecimento da marca certamente faz toda a diferença para cultivar a fidelização.

Basta imaginar, por exemplo, que há grandes chances de um leitor de um blog de uma empresa da área de pets, que necessita do serviço de banho e tosa gato, enxergá-la como solução.

Afinal, é uma empresa já conhecida e o brand awareness trata justamente desse ponto, do reconhecimento da marca.

Ao analisar a competitividade do mercado, esse conceito tem um lugar de destaque, pois o usuário pode apresentar maiores chances de recorrer a uma marca com a qual já se identifica e que de certa forma tem afetividade.

Por essa razão, ao gerar conteúdo para blog e outros meios, é importante que a experiência do usuário seja o foco, sendo a concretização da compra uma consequência.

Engajamento

É válido abordar que os diferentes meios em que o marketing de conteúdo é empregado contribuem com que os clientes em potencial e consumidores tenham mais interações com as marcas.

Por meio do engajamento, um relacionamento mais próximo é conquistado e a partir desse ponto, o consumidor tem chances significativas para se tornar um grande parceiro para a empresa.

Por exemplo, no caso de uma marca que trabalha com bem nascidos para maternidade, ao conhecer outras pessoas que necessitam desse tipo de serviço, o cliente que já possui um relacionamento próximo com essa marca pode facilmente recomendá-la.

Da mesma forma que há grandes chances de que os conteúdos da empresa sejam compartilhados de forma espontânea no dia a dia devido a percepção positiva construída.

Sendo assim, se pode dizer que funciona como um tipo de colaboração, o que contribui ainda mais para que a importância da fidelização seja visualizada.

Mais conhecimento

Entre a diversidade de materiais produzidos no marketing de conteúdo estão itens como e-books, cursos, vídeos e artigos valiosos, certo? É válido dar ênfase no quanto que esses recursos podem ser enriquecedores para os clientes.

Afinal, um cliente em potencial preenche determinado formulário para obter um e-book ou acessar um conteúdo exclusivo por e-mail, porque tem necessidade daquele conhecimento, ou seja, agrega valor em sua vida.

Por exemplo, um cliente em potencial que faz o download de um e-book com dicas de preservação e higienização bancos automotivos de uma empresa do setor veicular.

Ele não só terá maiores chances de seguir essa trajetória de compra, como também obterá conhecimento e é algo significativo.

Esse tópico reforça a vantagem de educação de mercado abordada quando se trata dessa estratégia, sendo uma grande vantagem, afinal, não é sempre que os consumidores possuem grande conhecimento sobre o produto ou serviço que necessitam.

Ao citar a obtenção do conhecimento, é interessante notar que pode estar atrelado não apenas com consumidores em potencial, mas com pessoas que já se tornaram clientes.

Nesses casos, a praticidade pode ser observada também a favor da empresa, uma vez que ao surgir algum tipo de necessidade atrelada ao produto ou serviço, os conteúdos valiosos disponibilizados podem ser checados.

Impacto na decisão de compra

O fornecimento de informações que possam estimular ou contribuir com a decisão de compra, pode ou não estar associado com o tópico anterior. 

Afinal, dependendo do tipo de material, é possível tanto tomar uma decisão com maior facilidade, quanto aprender informações realmente úteis.

O fato é que a partir do momento em que o consumidor enxerga a empresa como uma fonte segura para a obtenção de dados e decisões assertivas, existem maiores chances de retorno.

Para o fornecimento de informações voltadas para escolhas melhores, por exemplo, uma oficina de pintura automotiva pode investir em direcionamentos que contribuam com avaliações mais críticas e planejamentos.

Como planejar uma estratégia de conteúdo?

Para que resultados positivos sejam alcançados, naturalmente, é indispensável garantir que o marketing de conteúdo seja aplicado corretamente.

Entre os diversos aspectos importantes nesse cenário, o planejamento não deve ser deixado de lado, afinal, é decisivo para que se obtenha uma orientação clara dos passos a serem seguidos ao longo da execução da estratégia.

Nesse ponto, são estabelecidos fatores cruciais que serão tratados de uma forma mais profunda, tais como:

  • Abordagem;
  • KPIS;
  • Canais utilizados;
  • Palavras-chave.

Estabelecer uma abordagem adequada depende de inúmeros fatores, mas se destaca a necessidade de conhecer a audiência.

Para isso, é fundamental ter o público-alvo e a persona bem definidos, sendo que o primeiro conceito está predominantemente associado com aspectos socioeconômicos e demográficos.

Enquanto o segundo permite o levantamento de dados mais humanizados e consequente, um direcionamento mais preciso.

Os KPIS possuem uma grande relação com as metas da corporação, pois correspondem aos indicadores-chave da performance. 

Portanto, basta imaginar que a partir do ponto que um laboratório que trabalha com prótese dentária flexível e alinha adequadamente os objetivos com o que deve ser analisado nos resultados, é possível fazer análises mais adequadas.

Esse cenário se enquadra em qualquer empreendimento e entre os principais KPIS, é possível citar o tráfego, a receita total, taxa de conversão, origem do tráfego, entre outras possibilidades.

Em relação aos canais usados, naturalmente, a persona de uma empresa que comercializa guardanapo decorado de papel será mais ativa em meios distintos do que perfis de outros segmentos.

É nesse tipo de variação que as empresas devem ter atenção para garantir que estejam presentes onde a persona está.

Conforme abordado, as opções são variadas, como um blog atrelado ao site da empresa, redes sociais, e-mail e sites. Independentemente do meio escolhido, é preciso ter certeza que existirá um bom planejamento e dedicação.

Afinal, um problema muito comum é a falta de atualização e postagens superficiais, que comprometem o cultivo da relação com a audiência e consequentemente, as chances de fidelização.

A partir da definição do público-alvo e da persona, assim como objetivos da empresa, há possibilidade não só de detectar com maior precisão uma melhor abordagem e os canais para empregar o marketing de conteúdo, como também a temática.

Em prol da otimização do material, é interessante realizar um estudo para identificar as palavras-chave de maior relevância e com um melhor volume para a aplicação devido a diversidade.

Uma vez que os interesses, como treinamento funcional para idosos, podem ser escritos de formas variadas.

Para entender a importância de usar as palavras-chave, é válido citar que são os termos empregados pelos usuários no momento de realizar uma pesquisa.

Sendo assim, se pode concluir que há pontos que apresentam grande relatividade no marketing de conteúdo, o que reforça a questão de que não há um padrão a ser seguido para alcançar a fidelidade dos clientes.

No entanto, seja em uma empresa que comercializa cinta pós cirurgica lipoaspiração ou de qualquer outra área, o potencial é notável.

Basta que as ferramentas mais adequadas sejam utilizadas e principalmente, que profissionais devidamente preparados estejam a frente de cada etapa da estratégia.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Influenciador Digital: Como escolher certo ?

Com o mercado em pleno desenvolvimento, influenciadores são acessíveis a todos os níveis de negócio.

Apesar de uma grande economia em anúncios por se utilizar do marketing de indicação (referência), o influenciador digital deve ser utilizado com cuidado dentro do plano de marketing para que problemas não sejam criados.

Quais são as características de um influenciador digital ?

O influenciador digital é dividido em três pontos que são:

  • Celebridades
  • Macro influenciadores
  • Micro influenciadores

O diferencial entre cada um está ligado em público atingido, maneiras de comunicação com o público e também a localidade.

Leia também: Pesquisa aponta quem são e sobre o que falam os micro influenciadores.

O que um influenciador digital pode fazer por você?

Ele pode fazer muito por você mas como mencionamos anteriormente, a construção da história que irá ser contada por ele é o que vai te levar por um caminho de resultados.

Além de conseguir entrar muito mais fácil na vida do seu público alvo, ele consegue dar um volume e uma diversidade maior em seus conteúdos, para que a pessoa se convença e fazendo assim que ela tenha uma boa imagem antes de chegar até a empresa.

Quais os pontos que eu devo observar?

Ao procurar pelo influenciador correto, para a sua empresa, você deve prestar atenção nestes pontos:

  • Número de seguidores
  • Comentários se são de qualidade ou não
  • Linguagem utilizada
  • Ideais defendidos
  • A maneira em que a pessoa conversa com o público
  • Histórico de trabalhos

Em muitos casos é realizada a escolha errada baseado em números de seguidores, pois em grande parte os seguidores são inflados artificialmente com contas fantasmas e de pessoas de fora do Brasil (Exemplo: procure pelo Mohamed na conta do influenciador).

Leia também: Os Falsos Digital Influencers

Além disso, você deverá prestar sempre atenção na maneira em que a história é contada, se há verdade em tudo que é dito e da continuidade e qualidade do conteúdo.

Outro ponto interessante a ser observado é a região de atuação, se ele abrange nacionalmente ou regionalmente, pois em muitos casos o influenciador não irá servir para a sua empresa.

O que eu não posso fazer com o influenciador?

O influenciador tem total responsabilidade sobre o que é dito, então todo cuidado ao querer segurar demais ou até dar liberdade.

Você procura pela verdade, não é ? Então jamais queira “brecar” o influenciador sobre a linguagem utilizada, ou até deixar a fala mecânica transformando a sua história em merchan.

O influenciador contratado não tem necessidade em ser bombardeado de produtos toda a semana, ele precisa é criar uma relação genuína com a empresa, em vez de ser “agradado” por interesse.

Se você entende de amizade, irá entender perfeitamente sobre como lidar com o influenciador.

Como eu sei se o influenciador digital deu resultado?

Sobre o resultado a única coisa que você não pode ser é ANSIOSO.

Para ter dados corretos sobre os resultados proporcionados pelo influenciador, você deve alinhar no planejamento da sua ação o tipo de caminho que gostaria de percorrer com ele.

Os caminhos são vários, os mais comuns são a construção de um conteúdo onde ele (influenciador) passa a ter vivência com o produto e serviço da empresa, ou a distribuição de cupons de desconto generosos.

A maneira mais prática de monitorar essas entradas são via site, com um endereço monitorado, ou por pesquisa de avaliação de serviços diretamente com o cliente.

Lembre-se que: “O que pode ser medido pode ser melhorado”

Conclusão

Independente do seu tamanho ou abrangência, realizando suas ações dentro de uma regra e planejamento você conseguirá gradativamente resultados melhores, além da redução de custos com o investimentos em anúncios pela internet.

Basta colocar em prática! ;)